An Autumn for Crippled Children – The Long Goodbye (2015)

Composta por três membros de outras bandas, que mantém suas identidades em segredo, An Autumn for Crippled Children é um projeto que mescla um Black/Doom Metal com Shoegaze resultando em um Post-Black Metal caótico e, ao mesmo tempo, melódico. A banda, que já possui quatro discos e dois EPs, lançou The Long Goodbye, seu 5º álbum, em fevereiro desse ano.
O lançamento mantém a sonoridade do Shoegaze com guitarras abusando de efeitos unidos aos vocais agudos característicos do Black Metal. As passagens acústicas, os teclados e elementos eletrônicos ajudam a criar uma atmosfera melancólica e depressiva e ao mesmo tempo delirante e caótica.
Destaques do álbum ficam para canções como The Long Goodbye, que abre o disco com uma verdadeira explosão de riffs distorcidos. Já She’s Drawing Mountains e Endless Skies são exemplos de faixas que começam com arranjos acústicos e eletrônicos suaves até caírem no caos dos vocais gritados e guitarras barulhentas.
Talvez o único defeito desse álbum seja o fato de que ele pode soar um tanto repetitivo para os ouvintes que estão apenas começando a ouvir o som do Post-Black Metal, mesmo assim é um prato cheio para os fãs do estilo que estão em busca de um som mais envolvente e alucinante.

 

Nota: 8
Por Eduardo Soriano
COMPARTILHE
Estudante de Direito da Universidade Estadual de Ponta Grossa/PR. Apaixonado por metal alternativo, Cerveja, games pós-apocalípticos e pelo Furacão da baixada. Tende a se corromper do metal quando escuta 80's Synthpop e Lana del Rey.

1 COMENTÁRIO